Bar de A-Z

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Bar de A-Z

Mensagem  Fernando Moreira em Qui Mar 24, 2011 2:27 pm

Caros Usuários,

Tomei a liberdade de criar este tópico com o intuito de dar a conhecer o maior numero de bebidas que se podemos encontrar nos mais diversos bares e similares. Tentarei dar a conhecer a historia das bebidas e também a suas utilizações; em meu ver e muito importante conhecermos as bebidas a fim de criarmos uma afinidade com as mesmas e assim podermos apreciar as suas características.
Espero que este tópico lhes dê um pouco mais de conhecimento sobre o mundo complexo das marcas, produtores e criadores de bebidas, por vez a complexidade e imensidão de marcas nos detraem de fazer as escolhas acertadas para as ocasiões certas. Este tópico e também criado com a visão de ajudar os iniciados de bares e também amantes das bebidas em modo geral, visionando o conhecimento certo poderão se aventurar um pouco mais na criação de mistelas e cocktails, que iram deixar os vossos amigos menos intendidos de olhos em bico.
Terei como apoio a fim de desenvolver este trabalho, do Dr. Francisco Macedo, jovem profissional de hotelaria proveniente da Madeira, doutorado em gestão hoteleira e turismo, tendo desenvolvido o seu trabalho na região autonoma da Madeira, em hotéis de grande reputação. Agora desenvolve o seu trabalho no Reino Unido, em hotéis de renome europeu, seu conhecimento e profissionalismo será uma mais valia a este tópico.

Fernando Moreira


_________________
“I can’t change the direction of the wind, but I can adjust my sails to always reach my destination.”
avatar
Fernando Moreira

Masculino Número de Mensagens : 241
Idade : 37
Localização : Luton, Bedfordshire
Emprego/lazer : Director de Restaurantes e Bares/Duty Manager
Data de inscrição : 19/02/2008

Ver perfil do usuário http://www.lutonhoo.co.uk/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bar de A-Z

Mensagem  Francisco Macedo em Qui Mar 24, 2011 3:00 pm

Olá a todos os membros do Fórum,

E com grande prazer que a convite do Fernando, um profissional de hotelaria que conheco a muitos anos, e que contribuiu para que eu enveredasse por este mundo que a cada dia nos reserva surpresas deslumbrantes e vivencias muito marcantes, venho assim dar o meu contributo a este topico, enriquecendo assim uma vez mais o conhecimento de todos.

Assim sendo o meu post de Hoje vai para uma Bebida licorosa que devera ser do conhecimento de poucos dado não se ver frequentemente nos Bares da nossa bela ilha, o Bénédictine.




O Bénédictine e um licor Frances de grande qualidade, cuja sua origem data do ano 1510 na abadia (comunidade monástica cristã, originalmente católica ("casa regular formada"), sob a tutela de um abade ou de uma abadessa, que a dirige com a dignidade de pai (ou madre) espiritual da comunidade) de Fecamp na nossa vizinha Franca.

Reza a historia que os monges de Fecamp guardaram muito cuidadosamente a receita de modo a que a mesma não fosse descoberta.
Durante a Revolução Francesa a abadia foi saqueada sendo que a receita ficou desaparecida ate cerca de 1860 quando por um acaso a receita foi encontrada por um comerciante local.

Nos nossos dias, este licor é fabricado por uma empresa particular situada na zona da Normandia, sendo que a atual receita e diferente daquela criada pelos monges de modo a tornar a bebida mais comercial. No entanto e certo que o atual fabricante continua a guardar o segredo sobre o Benedictine de modo a que ninguém descubra a sua receita e que em gesto de homenagem aos monges que inventaram a receita, construiu a fábrica Bénédictine, em réplica à abadia de Fecamp.

Devido ao segredo em que a sua produção esta envolta sabe-se apenas que na sua fabricação entram várias dezenas de plantas, sendo usado o processo de maceração e destilação.

O maior segredo na produção desta bebida esta na dosagem certa de conhaque que entra na sua base de produção, tendo de ser exata para que se atinja a perfeição do licor Bénédictine, considerado por muitos um ótimo digestivo.

Uma das grandes diferenças deste licor para os outros e que esta bebida tem maior teor de conhaque tornando o licor mais seco ou menos doce como se preferir.

A titulo de Curiosidade:
As iniciais D. O. M., que facilmente encontramos no rótulo, correspondem a "Deo Optimo Maximo", traduzindo por outras palavras "Para Deus, o maior e o melhor".

Deixo-vos agora uma receita de um Cocktail "Cheira a Verão" que poderão fazer para vos ou vossos amigos:

Ingredientes:
25ml Vodka
25ml Cointreau
50ml Bénédictine
25ml Grand Marnier
25ml Galliano
100ml Sumo de Laranja
50ml sumo de Ananás

Instruções:
Ponha todos os ingredientes dentro do shaker juntamente com gelo e Shake durante 45segundos, depois sirva num Hurricane.
Decore com uma rodela de Laranja.


Acrescentando um pouco mais de historia:

No entanto e como nos portugueses as vezes quase parecemos chineses (sem qualquer tipo de ofensa inerente) nos também criamos por cá um licor muito parecido nos tempos áureos dos monges em Portugal, o Licor de Singeverga, licor do mosteiro de Singeverga é um licor artesanal preparado pelos monges beneditinos do Mosteiro de Singeverga, em Portugal.

A sua preparação envolve a destilação direta de diversas especiarias e numerosas plantas aromáticas, dotadas de propriedades terapêuticas e balsâmicas, segundo uma fórmula antiga, fruto de prolongadas e pacientes experiências.
É o único licor português exclusivamente monástico, sendo preparado na sua totalidade pelos monges do Mosteiro de Singeverga


Cumprimentos,

Francisco Macedo


Última edição por Francisco Macedo em Qui Mar 24, 2011 3:30 pm, editado 1 vez(es)

Francisco Macedo

Masculino Número de Mensagens : 14
Idade : 32
Localização : Luton, Bedfordshire
Emprego/lazer : Deputy Bar Manager
Data de inscrição : 21/03/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aperol

Mensagem  Fernando Moreira em Qui Mar 24, 2011 3:16 pm

Hoje irei abordar uma bebida italiana chamada Aperol, esta bebida e largamente apreciada no seu berço natal Itália. Esta e uma bebida com uma grande versatilidade e se poderá encontrar normalmente em cocktail bares, ou em bares de alta qualidade.


História - O Aperol começou sua história em 1919, quando passou a ser fabricado pela família Barbieri, em Pádua, na Itália. A origem do nome está associada à palavra Aperò, que é uma forma casual de se pedir um aperitivo em francês. A inspiração para o nome surgiu de uma viagem feita por Silvio Barbieri à França. Ele gostou da palavra Aperò e a partir daí inventou a palavra Aperòl. Com o passar do tempo, a sílaba tônica mudou para a letra inicial.
Esta bebida ficou a ser bem conhecida após a segunda guerra mundial, que se abateu sobre a Europa.
A bebida com baixo teor alcoólico, apenas 11%, e sabor de laranja, está sendo produzida em ritmo acelerado na fábrica da Campari. A sua receita e um segredo bem guardado e inalterado desde o seu nascimento, mas sabe-se que contem extractos de laranjas amargas, Ruibarbo, Gentiana, Cinchona e ervas; feito por meio de infusão, muito idêntico ao Campari mas com um maior grau de doçura.
No começo dos anos 90, a empresa Barbieri foi incorporada pela Barbero, que passou a fabricar a bebida. E em 2003 a marca foi comprada pelo Grupo Campari.
Aperol bebe-se sobre gelo e com uma fatia de laranja a semelhança do Campari, mas altamente apreciada em modo Spritzer ou seja com agua carbonada ou soda, esta mistura e altamente refrescante e apreciada pela larga maioria dos apreciadores de bebidas “Bitter”. Esta bebida e destinada e mais aconselhável como bebida de aperitivo devido as suas características “Bitter”, que proporciona o desenvolvimento de saliva que estimula o apetite.
Os cocktails mais conhecimos encontra-se o Aperol Spritz, no qual a seguinte receita pode demonstrar:

Aperol Spritz preparado em copo "old fashion" (conhecido como copo de whisky)

25ml de Aperol
75ml de espumante prosseco
Preenchimento com soda
Rodela de laranja para decoração ou casca de Laranja


Espero que tenha sido elucidativo sobre esta bebida fantástica que e o Aperol, como vimos uma boa sugestão para as noites quentes de verão que ai se avizinham, lembre-se sempre de beber com moderação.

Fernando Moreira

_________________
“I can’t change the direction of the wind, but I can adjust my sails to always reach my destination.”
avatar
Fernando Moreira

Masculino Número de Mensagens : 241
Idade : 37
Localização : Luton, Bedfordshire
Emprego/lazer : Director de Restaurantes e Bares/Duty Manager
Data de inscrição : 19/02/2008

Ver perfil do usuário http://www.lutonhoo.co.uk/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bar de A-Z

Mensagem  Francisco Macedo em Qui Mar 24, 2011 5:24 pm

Caros Amigos e Camaradas,

Segue mais um post sobre mais um licor, que julgo ser mais conhecido de vos, Cointreau.



COINTREAU é um delicioso e sensual licor de laranja, que desperta sensações de descoberta sempre que é bebido. Aroma delicioso de laranja, translúcido, no entanto, complexo, profundo e misterioso. Sua garrafa quadrada está presente em quase todos os bares e restaurantes do mundo.

Além de ser consumido como digestivo, também pode integrar os mais variados cocktais criando um universo cheio de personalidade.

Curiosidade: O COINTREAU, com seu “toque francês” único, é popular há mais de 150 anos sem mudar nada, do formato lendário de sua garrafa até seus sabores delicados e imediatamente reconhecíveis.

Tudo começou em 1849 em Saint-Barthélemy-d’Anjou, localidade do subúrbio de Angers na França, quando o confeiteiro Adolphe Cointreau, com a ajuda de seu irmão, Edouard-Jean, fundou a destilaria Cointreau & Cie para produzir licores feitos à base de frutas típicas da região do Vale do Loire. O primeiro sucesso da nova empresa foi um licor feito de cereja. Mas o produto de maior sucesso seria lançado em 1875, quando o filho de um dos fundadores, Edouard Cointreau, criou uma nova bebida: um licor elaborado a partir dos óleos essenciais de cascas de laranjas doces e amargas, uma fruta exótica para a região. A bebida tinha uma aparência clara e límpida, muito diferente dos opacos licores produzidos na época. Para distinguir sua bebida das demais foi criada uma garrafa quadrada bojuda, com cantos arredondados, de cor escura (âmbar) e com uma fita vermelha, que se tornaria um ícone da marca. Embora os outros licores continuassem a ser produzidos, rapidamente COINTREAU tornou-se de longe o principal produto da empresa.

Edoaurd desenvolveu uma série de ações em marketing, relações públicas e patrocínios culturais e esportivos, ainda neste século, muito antes, que tudo isto se tornasse usual ou até que estas palavras existissem. Em 1898, o artista Nicolas Tamago criou o famoso Pierrot, um dos maiores símbolos da marca em suas campanhas publicitárias durante muitos anos. Na virada do século, a destilaria que já vendia 800.000 garrafas de COINTREAU anualmente, abriu seus primeiros escritórios de vendas em outros países europeus. Na década de 20, a receita secreta do licor foi passada para seus filhos, Louis e André, que viajaram pela Rússia, América do Norte (Canadá e Estados Unidos) e outras partes do mundo, abrindo escritórios nas cidades de Bruxelas, Berlim e Viena, além de Polônia e Espanha, construindo uma alta reputação do licor COINTREAU nos quatro cantos do mundo. Nesta época o licor era divulgado com o famoso slogan “The Worldwide Brand” (a marca mundial), utilizado em todos os materiais promocionais da marca.

O famoso licor experimentou um enorme aumento em suas vendas quando começou a ser usado em cocktails clássicos como o Side Car (COINTREAU, sumo de limão e conhaque) criado no Harry’s Bar de Paris na primeira metade deste século. Nos anos seguintes, vários outros cocktails ajudaram a estabelecer a reputação da marca no mundo inteiro. Na década de 60 COINTREAU se tornou ainda mais famoso quando agente secreto James Bond passou a aparecer em suas campanhas publicitárias. No final da década de 80, ocorreu a fusão entre a COINTREAU e a Rémy Martin, tradicional produtora de conhaque fundada em 1724, dando origem a Rémy Martin Cointreau.

Em 1992, a famosa pergunta “Voulez-vous Cointreau avec moi?” (algo como “Você que tomar um Cointreau comigo?”) era o tema central de suas campanhas publicitárias. Com a chegada do novo milênio, veio também uma atitude ousada da tradicional marca: atrair um público mais jovem e deixar de ser visto só como uma bebida digestiva. O processo de renovação da marca começou em 2001 com mudanças na embalagem, como o novo tom de cobre na tampa e selo e na parte interna do logotipo, um lacre com a efígie de Edoaurd Cointreau, o logotipo em cobre dourado, um rótulo mais nítido e a assinatura do inventor. Mas tudo sem descaracterizar a marca e sua rica história. E prosseguiu com uma campanha centrada na descoberta de novos cocktails e formas de se consumir o tradicional licor. Vários novos cocktails foram criados, como a caipirinha preparada com o licor, gelo e limão, sem adição de açúcar. Uma estratégia descoberta de maneira informal há poucos anos, quando a pop star Madona apaixonou-se pelo cocktais Cosmopolitan (Cointreau, vodca, limão e sumo de cramberry), quadruplicando a venda do licor nos Estados Unidos.
No Brasil, o plano foi incentivar o consumo do licor com gelo (COINTREAU ON ICE) e para isto foi criada uma campanha batizada de “Double Sensation” - segundo a marca o gelo libera novos aromas dos óleos essenciais da casca de laranja. Em 2005, a marca lançou um cocktail surpreendente e saboroso chamado COINTREAUPOLITAN (versão sem vodca do famoso Cosmopolitan), que se tornou um ícone nos bares mais badalados e sofisticados do mundo com sua cor rosa glamourosa e incrivelmente atraente. Recentemente, em 2008, a marca lançou no mercado seu mais novo, e até então, único produto além do original: COINTREAU NOIR (o tradicional licor com uma mistura perfeita e balanceada do famoso conhaque Rémy Martin). O novo produto foi divulgado com o slogan “nothing to add” (“nada a acrescentar”). Em 2010, a dançarina burlesca americana Dita Von Teese, embaixadora da marca no mundo, em mais uma ação ousada, inaugurou o primeiro Cointreau Privé, um bar de cocktais efêmeros no coração de Montmartre, em Paris

Bebidas com um toque de Cointreau
O licor se tornou famoso no mundo inteiro pela sua qualidade indiscutível e seu sabor único. Mas outro fator ajudou e muito COINTREAU a se tornar presença marcante nos ambientes mais sofisticados do planeta: os criativos e surpreendentes cocktails criados por uma equipe de especialista, que aguçam não somente o paladar como também o olfato e o visual. O licor se tornou renomado e reconhecido por ser a alma dos maiores cocktais de todos os tempos, como “Margarita”, criado por Margarita Sames em 1948 e que combina COINTREAU, tequila e limão. Troque a tequila por gin e você obterá o delicioso White Lady. Ou misture simplesmente COINTREAU, limão siciliano e conhaque para degustar um Side Car. Sua versatilidade não para por aí: também é um ingrediente indispensável do famoso Cosmopolitan, do qual o “Cointreaupolitan” é a interpretação leve e feminina. Algumas criações exclusivas de Cocktails que se tornaram célebres:
● COINTREAUPOLITAN® (50 ml de Cointreau, 30 ml de sumo de cranberry, 20 ml de sumo de limão siciliano e raspas de laranja)
● LONG COINTREAUPOLITAN® (20 ml de Cointreau, 20 ml de sumo de cranberry, sumo de meio limão tahiti, um pouco de refrigerante de limão, servido em um copo longo sobre gelo)
● COINTREAUPOLITAN® STAR (50 ml de Cointreau, 30 ml de sumo de cranberry, 20 ml de sumo de limão siciliano e uma pitada de flocos de ouro para culinária)
● COINTREAU TEESE® (40 ml de Cointreau, 20 ml de sumo de maçã, 15 ml de xarope Monin de violeta, 15 ml de sumo de limão siciliano fresco e gengibre congelado para a borda do copo)
● BUBBLE COINTREAU BUBBLES® (40 ml de Cointreau, limão tahiti fresco ou sumo de limão, água com gás ou tônica e decorar com pequenas fatias de limão)
● COINTREAUTINI® (20 ml de Cointreau, sumo de meio limão tahiti e gelo triturado em uma taça de Martini)
● COINTREAU CAIPIRINHA (40 ml de Cointreau, limão tahiti fresco e gelo triturado)
● CHAMPS-ELYSÉES (20 ml de Cointreau, 20 ml de licor de morango e champanhe Piper Heisieck)
● CARESS (50 ml de Cointreau, 50 ml de licor Irish cream e jogar raspas de chocolate meio amargo em cima)

Cumprimentos,

Francisco Macedo


Francisco Macedo

Masculino Número de Mensagens : 14
Idade : 32
Localização : Luton, Bedfordshire
Emprego/lazer : Deputy Bar Manager
Data de inscrição : 21/03/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bar de A-Z

Mensagem  Francisco Macedo em Qui Mar 31, 2011 4:09 pm

Boa Noite,

Caros Colegas e Amigos, muitos dos quais com quem tive o prazer de partilhar o ambiente de trabalho nas minhas experiencias passadas, o meu topico de Hoje vai para um Vinho Aperitivo - O Dubonnet.





E para vos falar no Dubonnet e de todo impossivel nao vos falar de novo nos Monges, pois caso alguns de vos nao tenham conhecimento, a generalidade dos vinhos aperitivos hoje existentes no mercado foram criados ou "inventados" como preferirem na Idade Media - Epoca Mediaval.

Foram sabiamente elaborados por monjes enfermos, que no monastério, movidos pela caridade fraterna, com o intuito de melhorar a saúde de um membro muito doente, experimentavam, com fé, misturas de vinho e plantas medicinais, medindo a temperatura, receitando as doses diárias e até o recipiente em que devia ser tomado. Muito provavelmente, incluiam também na formulação a prece de uma Ave Maria antes e depois de beber a mistura mas isso por agora nao e o mais relevante.

O vinho Dubonnet é uma dessas fórmulas que, apesar de ter o nome de quem o comercializou e o tornou famoso no século XIX, possivelmente nasceu na alta Idade Média. Há, ainda, aqueles que afirmam que parte da fórmula venha da época de Hipócrates, mas que se perdeu depois da queda do Império Romano.

Que era um remédio para baixar a febre e melhorar a digestão não cabe dúvida, mas não ocorreu aos antigos misturá-lo com uma espécie do Rosellon francês (uvas pequenas e negras de origem francesa), pequena, negra e silvestre que dá à bebida esse toque diferenciado de hoje em dia. Humilde e singela, macerada ou misturada com ervas, fermentada e servida quente, ela deve ter sido um aromático remédio nos monastérios que se enobreceram por sua generosidade.

O leve sabor amargo não deixa de recordar ao degustador que a vida não é um trago doce de passar. E o fato de sanar como de abrir o apetite é uma mais valia para os produtores.
A polêmica de sua origem está, todavia, viva, principalmente, porque ninguém conhece com exatidão seus ingredientes, nem as porções, medidas e processo de sua elaboração. Uns falam de quinina, outros de cascas de laranja; não faltam os que lhe põem café preto e até cacau tostado. De todas as maneiras, no entanto, há direito ao segredo industrial, ainda que alguns membros da União Europeia estejam querendo descobri-lo para igualar as antigas marcas de origem mas por agora a receita permanece mais ou menos secreta..

A história conta que um tal Joseph Dubonnet, médico das tropas de Napoleão Bonaparte, diante de uma peste infecciosa com febre e disenteria, fez a mistura em grandes panelas e mandou servi-la no acampamento. Conhecia a fórmula? A suas propriedades curativas se somou a alegria e, assim, a febre de todos os soldados infectados diminuiu.

Dando assim origem aquela bebida que hoje conhecemos como Dubonnet, um vinho aperitivo de uvas tintas, aromatizado com especiarias e quinina (resta saber se esta esta mesmo presente) com um misto de paladares que nao se sabe bem se e doce ou se e mesmo amargo.

Que a bebida tenha sido registrada em 1846 não quer dizer que sua fórmula não seja anterior a este acontecimento, a qual alguns historiadores, parciais sempre a favor do denominado "século das luzes", prefiriram localizar lá e não na "obscura" Idade Média, nem muito menos em um piedoso e singelo monastério mas a verdade e que destes monasterios sairam muitos dos Licores e Vinhos aperitivos que hoje consumimos com o nome de uma das grandes marcas do Mercado.

Alguns cocktails com dubonnet
Bently
40ml Dubonnet
30ml Calvados
Adicione no Shaker com gelo and shake. Sirva numa Taca de cocktail coando o gelo.

Joburg
30ml de rum branco
35ml Dubonnet
10ml Campari
Algumas gotas de Anguostura bitter
Coloque as bebidas num shaker e shake..shake! Sirva numa Taca de Cocktail.



Aqui Fica mais uma contribuicao,

Cumprimentos

Francisco Macedo



Francisco Macedo

Masculino Número de Mensagens : 14
Idade : 32
Localização : Luton, Bedfordshire
Emprego/lazer : Deputy Bar Manager
Data de inscrição : 21/03/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bar de A-Z

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum