festa da cereja

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

festa da cereja

Mensagem  Vcosta em Dom Jun 14, 2009 12:34 am

Festa da Cereja no Jardim da Serra



A pitoresca freguesia do Jardim da Serra, do concelho de Câmara de Lobos, acolhe no próximo fim-de-semana a Festa da Cereja, evento marcado por um cortejo alegórico muito apreciado por residentes e forasteiros e pela demonstração gastronómica da "Taça de Queijo Creme com Compota de Cereja", pelo Chefe Vítor Costa.
O certame é promovido pela Secretaria Regional do Ambiente e Recursos Naturais, tutelada por Manuel António Correia que estará presente no domingo, presidindo à entrega de prémios do concurso da cereja.
O programa de animação musical tem início no sábado à tarde, prosseguindo no domingo com destaque para a actuação do grupo Encontros da Eira. No espectáculo a formação da Camacha revisitará vários temas dos seus quatro CD's editados, que versam sobre a música tradicional da Madeira.







noticia publicada in:Gastronomia da madeira AQUI...


por Miguel Fernandes
Funchal, Madeira, Portugal
Jornalista, gastrónomo e membro da Confraria Gastronómica da Madeira.

_________________
avatar
Vcosta
Admin

Masculino Número de Mensagens : 670
Localização : MACHICO Madeira
Data de inscrição : 23/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.sabores-do-atlantico.com/index.htm

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: festa da cereja

Mensagem  Vcosta em Dom Jun 14, 2009 1:53 am

FESTA DA CEREJA: Neste fim-de-semana fruto domina as atenções Todos os caminhos vão dar ao Jardim da Serra O secretário regional do Ambiente e Recursos Naturais vai estar amanhã no Jardim da Serra. Manuel António Correia desloca-se à referida freguesia para assistir ao cortejo etnográfico e fazer uma alocução a todos aqueles que decidirem participar em mais uma edição da Festa da Cereja, uma iniciativa organizada pela Casa do Povo local A freguesia do Jardim da Serra está em festa durante este fim-de-semana. As celebrações arrancam hoje pelas 14 horas, com muita animação ao longo da tarde. O “Madeira em Festa” é o primeiro a subir ao palco, seguindo-se momentos de folclore e ritmos modernos. Amanhã, Domingo, a festa prossegue, sendo que o secretário regional do Ambiente e Recursos Naturais vai marcar presença na freguesia, onde irá assistir ao cortejo alegórico. Logo depois, mais concretamente pelas 16 horas, Manuel António Correia fará uma alocução e presidirá à cerimónia de entrega de prémios do concurso da cereja. Mas o festejos deste domingo começam bem cedo, mais concretamente pelas 9 horas, com música ambiente. Pelas 10 horas, será celebrada uma missa na Igreja Paroquial de São Tiago. Seguir-se-á uma prova de atletismo conhecida por Circuito da Cereja, que incluirá prémios. Pelas 12 horas, será altura de os trapalhões do riso mostrarem o seu humor. Uma hora mais tarde, ou seja, pelas 13 horas, tem início um espectáculo de variedades. Depois da intervenção do secretário regional do Ambiente e Recursos Naturais, Manuel António Correia, e da entrega de prémios do Concurso da Cereja, decorrerá uma demonstração gastronómica da “taça de queijo creme com compota de cereja”, pelo chefe Vítor Costa. Depois disso e até as 24 horas, actuam os grupos de folclore das casas do povo do Porto Moniz e de Santa Cruz, a Tuna D´Elas, palhaços e os “Mariachi”. A Festa da Cereja é uma iniciativa organizada pela Casa do Povo do Jardim da Serra e conta com a colaboração da Secretaria Regional do Ambiente, da Câmara Municipal de Câmara de Lobos, da junta de freguesia local, da associação cultural e desportiva local, da paróquia de São Tiago e da ACAPORAMA.

in.Jornal da madeira
CLICA AQUI...

_________________
avatar
Vcosta
Admin

Masculino Número de Mensagens : 670
Localização : MACHICO Madeira
Data de inscrição : 23/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.sabores-do-atlantico.com/index.htm

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: festa da cereja

Mensagem  Vcosta em Seg Jun 15, 2009 12:37 am

Manuel António Correia anuncia para os sectores agrícola, piscatório e pecuário Certificação de origem para produtos regionais A À semelhança do que já acontece com o mel de cana e com o bolo de mel, todos os produtos agrícolas, de pesca e ainda de pecuária, que forem produzidos na Madeira, passarão a ter um selo de certificação de origem. O anúncio foi feito ontem, pelo secretário regional do Ambiente e dos Recursos Naturais, Manuel António Correia, durante mais uma edição da Festa da Cereja, que terminou ontem na freguesia do Jardim da Serra, no Estreito de Câmara de Lobos. Logo após a visita às barracas de venda de cereja e derivados, o governante explicou que a iniciativa legislativa tem o propósito de criar uma maior distinção dos produtos regionais, em relação aos importados, que por vezes os próprios agentes económicos provocam a confusão para vender o que é de fora. O governante explicou ainda que «este será um sistema de certificação simples, porque não pode atrapalhar, mas sim estimular a actividade económica» mas, garante, será rigoroso e terá formas de fiscalização para ter a certeza que os produtores e retalhistas usam o selo nos produtos regionais da Madeira. Assegurando que o novo selo para os produtos do sector primário irá diferenciar, esclarecer o consumidor e ainda estimular o consumo dos mesmos, Manuel António Correia salienta que esta iniciativa surge como forma de corresponder ao crescimento da produção agrícola, pecuária e ainda piscatória. Os últimos dados definitivos do Instituto Nacional de Estatística, referentes ao ano de 2006, sobre a produção agrícola na Madeira, indicam que houve uma receita de 66 milhões de euros. Comparativamente a 2001, houve um aumento de 22 milhões de euros, ano em que foi registado 44 milhões de euros de produto no sector agrícola da Madeira. «Neste pequeno lapso de tempo, houve um aumento de 50 por cento e estes números mostram que o sector está em grande crescimento», frisou o responsável. Mesmo assim, Manuel António Correia voltou a salientar que pode haver um aumento nas receitas se os madeirenses adquirirem mais produtos regionais, «porque não podemos estimular a produção, se o agricultor não consegue vender». Relativamente à Festa da Cereja, o responsável pela Agricultura na Madeira estava satisfeito com a produção que está a ser registada este ano, um dos melhores de sempre, em que a estimativa é de 220 toneladas de produção. Estes números correspondem ao esforço dos agricultores, com o apoio da Junta de Freguesia do Jardim da Serra, bem como dos serviços da Direcção Regional de Agricultura que estão a melhorar os povoamentos, com o aumento da área de cultivo, com mais árvores e espécies, tendo assim mais quantidade, qualidade e rendimento para os agricultores. Cereja biológica tem potencial para crescer Apesar de existir ainda alguns cépticos, são muitos os madeirenses que procuram já a cereja de produção biológica. No Jardim da Serra, existem seis agricultores que estão inscritos na Secretaria Regional do Ambiente e Recursos Naturais como produtores biológicos de cereja. Margarida Neto é uma das produtoras que há quatro anos produz cereja livre de químicos. Todos os dias vende a sua produção na Avenida Arriaga e ontem estava na Festa da Cereja com cerejas a 1,80 euros ao quilo, tal como a tradicional. «Tem-se vendido bem», começou por afirmar a agricultora que garante que o trabalho tem compensado, «nem que seja para a nossa saúde», disse a sorrir. Aquela produtora ainda luta contra as pessoas que não acreditam nos benefícios do cultivo de produtos livres de pesticidas: «uns dizem que é a mesma coisa, outros dizem que não, mas a verdade é que isto é tudo controlado e certificado», salientou. Na oportunidade, o secretário regional do Ambiente e dos Recursos Naturais, Manuel António Correia, garantiu que a produção de cereja biológica está a aumentar, mas tem potencial para crescer mais. Aproveitou ainda a ocasião para apelar a todos os agricultores a se inscreverem na Secretaria, porque muitos já praticam o cultivo biológico, mas é necessário estar certificado. Cortejo teve presença de Miss Madeira Um dos pontos altos da Festa da Cereja foi o cortejo alegórico. Este ano, teve a participação especial da Miss Madeira de 2008, Cidália Rodrigues, natural da freguesia do Jardim da Serra, que foi a “rainha” da cereja. O desfile, além de festejar a produção, recordou algumas das tradições que já estão perdidas, como são as lavadeiras e ainda os lenhadores. A cozinha tradicional madeirense foi também retratada, bem como o transporte de cerejas para o mercado. No cortejo, houve ainda uma cereja “gigante”. As duas escolas da freguesias participaram com os trajes do Eco-Escolas, sendo que os utentes do Centro de Dia juntaram-se ao cortejo, organizado pela Casa do Povo do Jardim da Serra. Festa da Cereja com muitos participantes A cereja foi ontem rainha de uma festa que juntou milhares no Jardim da Serra, desde madeirenses, emigrantes e turistas que foram animados, durante todo o dia, por diversos grupos musicais. Mas a festa começou cedo com a missa às 10 horas, seguindo-se provas de atletismo. Pelas 16 horas, houve a entrega de prémios do Concurso da Cereja e uma hora depois houve uma demonstração gastronómica da “taça de queijo creme com compota de cereja”, pelo chefe Vítor Costa. Esta especialidade gastronómica foi dada a provar às entidades oficiais, durante a visita às barracas.

_________________
avatar
Vcosta
Admin

Masculino Número de Mensagens : 670
Localização : MACHICO Madeira
Data de inscrição : 23/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.sabores-do-atlantico.com/index.htm

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: festa da cereja

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum